Sindicato debate no XXI CONSIN situação dos trabalhadores da região e do País

80

A presidente do SINTECT/DF, Amanda Corcino, esteve hoje (13) no XXI Conselho de Representantes Sindicais da FENTECT (Consin), representando a categoria de Brasília. O evento foi realizado pela federação para tratar dos principais temas importantes para os trabalhadores e pensar as ações para o próximo ano. Embora 2017 esteja quase no fim, vale salientar que a luta ainda é árdua, principalmente pelo plano de saúde e contra a privatização da estatal.

Além disso, representantes de todo o País debateram a conjuntura nacional e internacional e a influência das contrarreformas do governo federal na vida dos trabalhadores brasileiros. Em 2018, ano de eleições, é importante estar atento às propostas para o Brasil e fazer o enfrentamento da luta de classes em todos os cantos.

Outra observação do CONSIN foi em relação à mobilização da esquerda. Embora os IMG_1204trabalhadores dos Correios tenham realizado grandes greves este ano, a unidade ainda é muito necessária para as conquistas da categoria. “Temos que fazer a nossa parte em ir para as ruas e enfrentar o patrão. Dentro dos Correios aconteceram coisas que foram possíveis combater com a mobilização dos trabalhadores. Vamos continuar conscientizando o trabalhador pela participação, inclusive, nas greves gerais”, afirmou a presidente da entidade.

Judicialização do Plano de saúde

O advogado da FENTECT, Alexandre Lindoso, falou sobre a situação do dissídio do plano de saúde dos trabalhadores, que encontra-se parado no TST. Ele contou que os prazos para o processo serão prorrogados para fevereiro de 2018, tendo em vista o recesso do tribunal, que começa no dia 19 de dezembro. Além disso, para a construção de uma defesa com argumentos favoráveis à categoria, Lindoso explicou que vai tentar um encontro com o ministro responsável pelo caso, para entender “em qual terreno estamos pisando”.

Sobre a carta da ANS, ameaçando intervenção na Postal Saúde, o advogado pediu cautela e atenção dos trabalhadores às próximas informações, mas alertou que uma greve, neste momento, pode precipitar o processo do dissídio. Para ele, o cenário é de observação da categoria.

Deliberações

Em breve, assim que a FENTECT disponibilizar as deliberações e propostas do XXI CONSIN, o SINTECT/DF vai compartilhar com a categoria. Enquanto isso, é importante que todos se mantenham mobilizados e atentos. Mesmo com o recesso do fim de ano, o sindicato mantém a luta contra a retirada de direitos dos trabalhadores dos Correios.