Manutenção dos direitos dos trabalhadores é oficializada em assinatura do acordo, nesta terça-feira

687

Foram três horas até que a audiência de homologação do Acordo Coletivo de Trabalho da categoria, marcada para às 14 horas desta terça-feira (10), no Tribunal Superior do Trabalho (TST), pudesse ser iniciada. Isso porque a ECT, além de apresentar a minuta com atraso ao Comando de Negociação da FENTECT, apenas nessa segunda-feira (9), fez alterações no documento que não estavam na proposta do tribunal, aprovada nas assembleias. Somente após às 17 horas, corrigidos os erros, as partes assinaram o acordo.

 
Com isso, está garantida a manutenção dos direitos dos trabalhadores, com a reedição das cláusulas sociais, o reajuste de 2.07% nos salários e benefícios e a reedição da cláusula da assistência médica.

 
Atenção
Vale informar que ficou especificado em ata que todos os dias parados de greve serão considerados falta lei de greve, portanto, não cabendo mais falta injustificada.

 
“Quero agradecer aos trabalhadores que confiaram na nossa condução da campanha salarial e durante todo o processo de greve. Foi graças à luta da categoria que garantimos a manutenção dos nossos direitos no acordo assinado hoje. Parabéns a todos os guerreiros e guerreiras que fizeram parte dessa luta”, enfatizou a presidente do SINTECT/DF, Amanda Gomes Corcino.

Ata Homologação ACT 2017-10-10 (1)