Direção dos correios altera PCCS 2008 e extingue o cargo de OTT

471

O SINTECT-DF foi surpreendido, nessa quinta-feira (25), com a notícia da extinção do cargo de OTT, pela direção dos Correios. A notícia foi alardeada nas redes sociais, porém, a empresa não lançou nenhum documento oficial, ainda, com a informação. Os representantes da categoria estão em busca do posicionamento consolidado da direção da estatal. A FENTECT já solicitou da empresa documentos que comprovem a alteração do PCCS e a inclusão do tema na próxima reunião com o presidente dos Correios, que será realizada no dia 30 de janeiro.

Com esses documentos, então, será possível questionar judicialmente essa alteração, esclarecer as dúvidas e mobilizar a categoria para combater mais uma arbitrariedade.

Vale relembrar que o nosso Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) vigente, implantado em 1 de julho de 2008, foi julgado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Portanto, no entendimento da representação dos trabalhadores, a ECT não pode fazer alterações unilaterais no documento.

Em julho de 2017, os representantes da categoria já haviam se posicionado contrários às alterações propostas pela empresa, quando foi apresentada a nova reestruturação dos Correios, e criticado a maneira como as relações sociais têm sido descartadas pelos gestores e, assim, aberto precedentes para ações como as que estão sendo implementadas, como o PDI, fechamento de agências, inclusive a extinção de cargos.

Estamos aguardando os esclarecimentos do fato, inclusive avaliando as consequências dessa decisão e sobre como ficará a vida de cada trabalhador. Entraremos, então, com ação judicial para que isso não seja colocado em prática e, novamente, os trabalhadores não virem alvo da política de retirada de direitos que vem sendo implantada por esse governo tirano.

Nossa demanda continua sendo por mais concursos públicos na estatal, entre outras, para aumentar o quadro de funcionários e, dessa maneira, melhorar a prestação de serviços à sociedade e a qualidade de vida dos próprios empregados.

 Informe 002/2018 Extinção do Cargo de OTT

0001 (2) 0002 (1)